Encontre o que deseja mais rapidamente!
Digite a doença ou assunto que deseja saber:

Dislexia

A dislexia pode ser uma condição muito problemática que afeta particularmente as atividades diárias da vida de uma pessoa. No entanto, não é uma dessas condições conhecidas como câncer, AIDS, e outras. Para entender como a dislexia afeta as pessoas, especialmente adultos, você deve primeiro entender o que é a dislexia, suas causas, gravidade e prevalência.

O que é dislexia?

A dislexia é basicamente uma doença que causa dificuldade de uma pessoa processar a informação que normalmente está relacionada à deficiência de memória de curto prazo e à coordenação visual. Se você tem essa condição, a sua memória de curto prazo seria particularmente fraca. Pode afetar sua memória auditiva, visual ou ambas. Devido a isso, sendo uma pessoa com dislexia, seria difícil para você aprender a conexão entre a pronúncia e um símbolo escrito, dificultando bastante o processo de aprendizado na escola.

É principalmente categorizada como uma deficiência de aprendizagem, uma vez que afeta principalmente as áreas vitais em que a aprendizagem está relacionada. Já que as habilidades auditivas e visuais são necessárias na aprendizagem, a dislexia pode fazer uma deficiência na área.

Quão grave pode ser?

A severidade da doença pode variar muito entre diversas pessoas disléxicas. As principais áreas afetadas seriam leitura, escrita, numeração, bem como a manutenção e organização pessoal. O grau do efeito sobre um indivíduo pode ser observado a partir de sua ortografia e dificuldades de leitura a problemas graves na organização ou mesmo o analfabetismo completo. Não existem casos típicos de dislexia, uma vez que cada caso pode ser exclusivo em relação aos demais.

Diagnóstico

Algumas pessoas não sabem sequer que são disléxicas, de forma que há um número enorme de pessoas que só são diagnosticadas quando alcançam a fase adulta. Isto pode ser devido à impopularidade desse tipo de problema. Às vezes, pode ser diagnosticada como uma condição diferente, que pode apresentar sintomas semelhantes.

Quais são as causas?

Não há nenhuma causa conhecida da dislexia, apesar de muitas pesquisas terem sido realizadas em busca de explicar a sua causa principal. No entanto, existem algumas pesquisas que reuniram algumas conclusões relevantes sobre a condição. Algumas pesquisas neurológicas sugerem que uma pessoa que tem essa condição pode ter alguma anormalidade de como o hemisfério esquerdo do seu cérebro funciona. Isto é relevante uma vez que o hemisfério esquerdo é o que controla o sistema lexical.

Uma investigação cognitiva, no entanto, nos últimos anos tem focado essencialmente na possibilidade de que a causa esteja relacionada a problemas com a consciência fonológica, que é responsável pela associação do som ao seu significado. Além disso, há uma especulação de que esses problemas estão relacionados a uma parte específica do cérebro.

Seja qual for a causa, parece haver pouca dúvida de que muitas pessoas com problemas de alfabetização realmente experimentam certa insensibilidade ao som de diferentes maneiras. Devido a esse déficit, problemas de leitura muitas vezes ocorrem. O que também é evidente é que, embora a causa dos problemas possa ser diferente de uma pessoa para outra, ela ainda podem ser a principal fonte de intensa frustração e depressão sentida por qualquer pessoa disléxica.

Incidência e prevalência

A incidência estimada da dislexia pode variar muito a cada ano. Estima-se que ocorre em torno de 4 a 10% da população. Acredita-se também que a prevalência no sexo masculino é quatro vezes maior do que no sexo feminino.

Efeitos gerais na idade adulta

A dislexia é uma condição que é bastante difícil de reconhecer. É também uma condição que a maioria das pessoas que possui tenta esconder. Desta forma, tarefas simples, como preenchimento de formulários, tomar nota de mensagens pelo telefone, ou mesmo organizar quadros de horário já podem ser grandes problemas quando você softe de dislexia.

Se você gostou deste artigo, então que tal...

Esquistossomose

Tétano

Bócio

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS

2 Responses to “Dislexia”

  1. tarsila jung pederiva Says:

    eu gostei

  2. tarsila jung pederiva Says:

    esse simtoma pode dar em colquer pessoa

Leave a Reply

Email
Print